quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Não Acredito! Meu Livro Chato?


A partir do momento em que nos entregamos a um livro chato, temos dois dilemas: um é tentar decifrar o que o autor quer nos contar com aquilo. O outro, é como que iremos conhecer o autor.

Cada autor tem a sua forma de contar a sua história. É desta forma que um autor se consagra, seja qual obra for. Isso faz uma grande diferença. As histórias complexas nos estimulam no senso crítico e de aprendizado, e desta forma, aprendemos a andar junto com o raciocínio do escritor.

Eu já comentei certa vez de que não existe piada ruim e sim piada mal contada. No caso dos livros também. Existem livros difíceis, mas se você resolver encara, descobrirá coisas preciosas que jamais poderia imaginar que encontraria em uma leitura cansativa.

Tudo funciona como uma arte de escavar um terreno acidentado em busca de jóias brutas, porém preciosas com a devida lapidação. Então prepare a mente e decifre. É hora de turbinar a sua imaginação.

Autor : Leo Vieira